Autores Locais

AFONSO DE MELO PINTO VELOSO

Afonso de Melo Pinto Veloso nasceu em Águeda, a 9 de setembro de 1878 e morreu em Lisboa a 23 de fevereiro de 1968. Muito precocemente, aos 19 anos, conclui o curso em Direito. Ao longo da vida desempenhou importantes funções nas áreas judicial e política, durante a Primeira República e durante o regime do Estado Novo, de que se destacam os cargos de governador civil do distrito autónomo do Funchal, ministro da justiça, ministro da instrução pública, juiz conselheiro e presidente do Supremo Tribunal de Justiça, relator do Supremo Tribunal Militar. Foi ainda nomeado emissário do governo português no Tribunal Internacional de Haia, na questão das indemnizações impostas à Alemanha após a Primeira Guerra Mundial.

OBRAS PUBLICADAS

"Portugal, potência europeia”

"Povoamento florestal da bacia hidrográfica do rio Vouga"


Investigação

A identidade de Águeda passa necessariamente pelas obras dos seus naturais, dos que aí nasceram ou nela vivem, dos que, mesmo sendo de fora, se interessam pelos assuntos aguedenses, os analisam, estudam, sobre eles escrevem e editam. Essas produções, sob a forma de livros e outros documentos, ajudam a desenhar a matriz identitária do nosso concelho. Conhecer uma dessas coisas é conhecer a outra.

E por essa razão perguntamos: quantos são os autores e os livros de/sobre Águeda?

O desejo de encontrar resposta para esta dúvida/curiosidade levou um grupo de estágio da Esmc, há 15 anos, a iniciar a investigação — por bibliotecas públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, por instituições locais e muitas entrevistas, de resultados bem surpreendentes e profícuos…
Eleutério Santos

VER/BAIXAR PDF - O Livro de Águeda (Eleutério Santos)