Autores Locais

ANGELINA DA ASSUNÇÃO

Natural de Fermentelos, ali nasceu a 11 de Outubro de 1875.

Professora Primária, cursou a Escola Normal e dedicou-se ao ensino sendo colocada na Escola de Arrancada do Vouga, a que se seguiram as de Paços de Brandão, Feira, Póvoa de Varzim e, por fim, Póvoa de Lanhoso, aqui se mantendo até à sua aposentação em 1930, posto o que fixou residência em Espinho.

Desconhecemos a publicação de qualquer livro, mas, não obstante, afirmou-se como conceituada poetisa e pedagoga, com produção literária dispersa. Foi colaboradora do “Gente Nova”, periódico com redação em Oliveira do Bairro, onde assinou diversos trabalhos na área da Educação e Pedagogia e da Poesia.

Encontra-se sepultada em Guimarães, tendo morrido solteira.


Investigação

A identidade de Águeda passa necessariamente pelas obras dos seus naturais, dos que aí nasceram ou nela vivem, dos que, mesmo sendo de fora, se interessam pelos assuntos aguedenses, os analisam, estudam, sobre eles escrevem e editam. Essas produções, sob a forma de livros e outros documentos, ajudam a desenhar a matriz identitária do nosso concelho. Conhecer uma dessas coisas é conhecer a outra.

E por essa razão perguntamos: quantos são os autores e os livros de/sobre Águeda?

O desejo de encontrar resposta para esta dúvida/curiosidade levou um grupo de estágio da Esmc, há 15 anos, a iniciar a investigação — por bibliotecas públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, por instituições locais e muitas entrevistas, de resultados bem surpreendentes e profícuos…
Eleutério Santos

VER/BAIXAR PDF - O Livro de Águeda (Eleutério Santos)